Atividades físicas para quem tem glaucoma

Restringem-se exercícios em que é preciso ficar de cabeça para baixo

Atividades físicas para quem tem glaucoma

Especialistas afirmam que pacientes que têm glaucoma, doença silenciosa que provoca elevação da pressão intraocular e lesões no nervo ótico comprometendo a visão, podem levar uma vida saudável. E não descartam a importância do acompanhamento médico e a necessidade da ida ao oftalmologista ainda na infância.

Os pacientes com glaucoma estão liberados para praticarem exercícios físicos, ainda que com certos cuidados. As atividades são importantes para a saúde do olho porque propiciam aumento do fluxo do humor aquoso, líquido incolor que regula a pressão interna ocular, e ajuda a controlar a pressão arterial, um dos fatores de risco.

Nos casos de glaucoma, restringem-se exercícios em que é preciso ficar de cabeça para baixo, de pernas para o alto e mergulhos em altas profundezas, pois colaboram para o aumento da pressão no olho.

Cigarro está proibido

Pesquisadores britânicos relacionaram o fumo ao glaucoma e descobriram que a nicotina é um vaso constritor, espécie de contração dos vasos sanguíneos, que reduz o fluxo sanguíneo para a parte posterior do olho. E tudo que impeça que circulação torna-se prejudicial ao glaucoma.

Quem sofre de pressão alta nos olhos a dica é ingerir menos líquidos. Isso mesmo! Pesquisas já comprovaram que água em abundância, por exemplo, eleva ainda mais a pressão em quem glaucoma. Essa é a razão, inclusive, de limitar a ingestão de bebidas alcoólicas.


Por Natália Farah

Comente

Últimas