Benefícios da hidroterapia

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Benefícios da hidroterapia

A água é fundamental para a nossa sobrevivência. Não é a toa que habitamos um lugar chamado de planeta água, cujo componente está em 70% da superfície. O nosso organismo não é diferente e possui 70% a 75% dela. A ingestão do líquido previne doenças, infecções, facilita a digestão, além de regular a temperatura corporal.

Quando usada na parte externa do nosso organismo, através dos banhos, ajuda a relaxar e retirar as impurezas da nossa pele. Já na piscina algumas técnicas ajudam na prevenção de doenças como artrite e reumatismo, problemas respiratórios e neurológicos, além de aliviar o estresse, como é o caso da Hidroterapia.

Assim como a hidroginástica, ela também utiliza vários exercícios dentro da água. Entretanto, na hidroginástica o profissional de educação física elabora um treinamento para fortalecer a musculatura, e ainda melhorar o condicionamento físico geral, cardiovascular e respiratório, ao passo que na hidroterapia fisioterapeutas usam a temperatura e pressão da água, além de exercícios com intensidades diferentes para cada pessoa para os tratamentos.

"É muito benéfica também para problemas vasculares, traumatológicos e pós-cirurgias, além de melhorar a condição cardiorespiratória central e periférica. Em vários casos ela é mais vantajosa pelo baixo nível de agressão às articulações, assim facilita na execução dos exercícios que fora da água não poderiam ser realizados", explica o fisioterapeuta Pericles Machado.

O profissional acrescenta que muitas vezes a atividade também ajuda em problemas emocionais "devido a liberação hormonal". Ele lembra que técnicas como shiatsu na água potencializam o efeito do tratamento. "Em geral sempre se deve usar água morna. Não é verdadeiro o conceito de que quanto mais quente melhor. Ainda assim é de se considerar alguns fatores de determinam esta temperatura idade do usuário. Quando o corpo todo for imerso é preciso cuidado com a queda de pressão. Pessoas com alergia a cloro e outros produtos na água, ou que tenham lesões de pele não devem fazer a hidroterapia", alerta.

Já nas banheiras de hidromassagem, o efeito mecânico que o jato de água promove também são muito benéficos à saúde. Antes de usá-las é necessário observar se o piso é antiderrapante e ainda a quantidade de bolhas que saem dos jatos. Quanto maior a quantidade, melhor será o efeito. Muitas vezes, o importante não é a força do jato, mas as bolhas de ar que se formam. A massagem pode ser feita em 15 minutos e sempre com a temperatura morna.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas