Brincadeiras elevam nível de concentração em crianças com TDAH

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Para ganhar a atenção dos pequenos, especialistas indicam jogos de competição em grupo

Brincadeiras elevam nível de concentração em crian

Em tempos de férias escolares, o desafio dos pais e familiares é entreter as crianças dentro ou fora de casa para que o período de descanso dos pequenos seja prazeroso e inesquecível. Mas como distrair uma criança que sofre de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), doença neurobiológica genética que tem entre as principais características a falta de atenção e concentração?

Esse grupo, em geral, torna-se extremamente inquieto levantando-se quando tem que ficar sentado, age com impulsividade, não se atenta a detalhes e se distrai com muita facilidade, sintomas que afetam o rendimento escolar. Hoje, estima-se que 3 a 10% de crianças sofram de TDAH.

Para ganhar a atenção dos pequenos, especialistas indicam jogos de competição em grupo, que são altamente motivadores e socializadores. Já o videogame deve ser limitado, pois os hiperativos podem passar mais tempo jogando e não se dedicando às outras atividades.

Saber diferenciar as causas do TDAH pode ser bem mais complicado do que os envolvidos imaginam. Caso não descoberta e tratada o quanto antes, a patologia se estende na fase da adolescência e os jovens podem se tornar adultos hiperativos e desorganizados. Daí a importância da ação com uma equipe multidisciplinar com orientadores pedagógicos e psicólogos.

Se você tem um filho ou alguém próximo com TDAH, aproveite as dicas que listamos abaixo. São atividades simples que certamente serão bem-vindas às crianças.

Quebra-cabeça

O quebra-cabeça desafia a inteligência da criança, estimula o pensamento lógico, a composição e decomposição de figuras, discriminação visual, atenção e concentração. O interesse varia conforme o grau de dificuldade da brincadeira. Uma vez difícil, pode-se montar em cima de uma prancha, riscar as suas formas e numerá-las para facilitar a utilização.

Jogo de memória

O jogo da memória estimula o pensamento, memorização, identificação de figuras, estabelecimento do conceito de igual e diferente, além de orientação espacial.

Advinhação

As brincadeiras de adivinhar estimulam o pensamento lógico, dedução, reconhecimento do todo por uma parte, atenção e observação, nomeação e discriminação visual, porque constituem desafio explícito. Se forem bem conduzidas, levarão as crianças a descobrirem que poderão alcançar melhores resultados se fizerem perguntas mais objetivas. Isso pode ser feito também limitando-se o número de perguntas que cada criança ou grupo pode fazer para chegar à resposta correta. É diversão na certa!

Blocos de montar

Crianças com TDAH, muitas vezes, têm dificuldade de completar tarefas ao longo porque se sentem frustradas e impacientes. Os brinquedos de construção e de montar são fáceis de usar e têm apenas algumas peças. Isso ajuda as crianças criarem uma estrutura única em um tempo relativamente curto, que pode ajudá-la a construir confiança.

Livros

Para incentivar a leitura, os pais devem preferir livros com letras grandes, frases curtas, muitas figuras, histórias curtas e interessantes. Assim, ajudam seu pequeno permanecer concentrado e atento por mais tempo.

Esporte

Vale qualquer tipo de esporte para os hiperativos. Principalmente os coletivos, que gastam energia e ensinam a obedecer regras.

Pintura e argila

Atividades que envolvam o uso de pintura e argila fornecem aos jovens com TDAH a oportunidade de expressar-se em formas não-verbais. Além de colaborar com a autoconfiança, simplesmente porque não há nenhuma abordagem adequada ou errada em utilizá-los.


Por Natália Farah

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas