Carboidratos não são vilões

Conheça os benefícios desse alimento e inclua-o em suas refeições

Carboidratos não são vilões

Basta começar uma dieta que o povo já vai logo cortando os carboidratos do cardápio. Mas, cuidado, o alimento não é o vilão que todo mundo pensa. Responsável por garantir a energia e o bom-humor, os carboidratos são essenciais. Mas não é verdade que pão e macarrão não engordam? Estudos recentes comprovam que a melhor forma de emagrecer é manter uma dieta equilibrada, sem restrições. De acordo com a nutricionista e secretária-geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva, Vanderli Marchiori, se ingeridos na proporção certa, o alimento não contribui para o ganho de peso. "Se a ideia é emagrecer, nada de eliminar nutrientes, mas consumir em quantidades adequadas", afirma a nutricionista.

Os carboidratos, encontrados principalmente em pães e massas, são os responsáveis por garantir a energia necessária para que o nosso corpo funcione bem, por isso o alimento é tão importante para quem precisa enfrentar as múltiplas tarefas do dia a dia. A nutricionista explica que para ter uma alimentação saudável é recomendado que 60% do total das calorias ingeridas em cada refeição sejam compostas por carboidratos, 25% por gorduras e 15% por proteínas.

Para as gravidinhas, ela diz que a necessidade da ingestão de carboidrato aumenta porque a alimentação da gestante deve ser suficiente também para o crescimento do bebê. "Se a mulher que estiver grávida não ingerir carboidratos suficientes, o corpo vai utilizar proteínas como fonte de energia, o que pode prejudicar outras funções do organismo", alerta a especialista.

Agora, se você acabou de dar a luz, provavelmente a necessidade de ingestão do alimento irá permanecer ainda por um tempo. Então, não se prive. "A energia que provém do carboidrato mantém o bom humor e a disposição para cuidar do bebê e controlar as travessuras das crianças maiores", esclarece Marchiori.

De outro lado, a nutricionista Flávia Ferazzo Figueirêdo fala que apesar dos carboidratos serem alimentos que produzem energia, nem todos são iguais. Segundo ela, os piores carboidratos estão presentes em alimentos, em sua maior parte, de grãos excessivamente refinados, como: pão branco, arroz branco e massas. "Açúcares e doces são os grandes vilões. Estes carboidratos estimulam insulina, hormônio de armazenamento, onde sua tarefa é pegar o excesso de glicose dos carboidratos nutricionais e armazená-los nos tecidos adiposos como gordura", ressalta.

Por Paula Perdiz

Comente

Últimas