Como evitar a dengue?

Como evitar a dengue

Foto Divulgação

As notícias sobre a epidemia de dengue servem de alerta para a população de todo o país. Para evitar que a doença se espalhe, é preciso tomar alguns cuidados. De acordo com Paulo Olzon Monteiro da Silva, médico infectologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), o mosquito Aedes Aegypti tem hábito domiciliar, ou seja, vive onde existem pessoas. Portanto, "é preciso ficar de olho na própria casa e na casa do vizinho", diz o especialista.

O foco da dengue pode aparecer em qualquer lugar que contenha acúmulo de água. "Não pode deixar nenhum lugar com água parada. É preciso tomar cuidado com pratinhos de plantas, garrafas pet, pneus velhos e até pedacinhos de plástico que possam ter uma pequena poça de água", explica Paulo Olzon Monteiro da Silva.

Além desses cuidados básicos que todos deveriam ter para impedir a proliferação do mosquito, o médico alerta que é preciso lavar sempre os recipientes que já tiveram água parada. Isso porque os ovos do Aedes Aegypti podem permanecer em um lugar que ficou seco, mas já foi molhado, e eclodir a qualquer momento. Também é preciso tomar cuidado com plantas que acumulam água, como as bromélias.

Outros lugares que merecem atenção especial são as piscinas e as caixas d’água. As piscinas devem estar sempre tratadas, tapadas ou esvaziadas e as caixas d’água precisam estar sempre bem fechadas.

Para afastar os mosquitos e evitar suas picadas, algumas pessoas recorrem aos repelentes. Porém, o médico infectologista afirma que passar alguns tipos do produto todos os dias pode fazer mal à saúde. "Um que é bastante usado e protege de certa forma é a essência de citronela. Você passa no corpo e ele repele", declara.

O importante é que todos cuidem da própria casa, cobrem dos vizinhos e avisem os órgãos públicos responsáveis, caso encontrem focos de dengue. É a saúde de todos que está em jogo!

Comente

Últimas