Como lidar com o ódio?

Você sabia que o ódio é um reflexo da dor? Veja a seguir dicas para lidar com este sentimento destrutivo
ódio como lidar

Foto: iStock_Anetlanda

O ódio é caracterizado, em específicos momentos da obra de Freud, como um sentimento mais antigo que o amor, cuja fonte reside na obtenção do desprazer, perturbando o equilíbrio energético experimentado pelo sujeito; ao contrário do amor, que se destaca por ser uma fonte geradora de prazer do próprio organismo, ou seja, paixão que impele a causar ou desejar mal a alguém, rancor, raiva, ira,aversão, repugnância, antipatia, desprezo, repulsão, etc.


O ódio é uma paixão inferior, sentimento mesquinho, egoísta que desenvolvemos quando nossa sintonia está muito baixa, negativa e nebulosa. Quando isso se dá, ficamos muito mais vulneráveis. Começamos achando que estamos certos e os outros é que estão errados, para depois acharmos que “todos” estão contra nós e a solidão é inevitável. Pessoas que odeiam, criam uma nuvem espessa a sua volta, de forma que aqueles que o rodeiam não conseguem penetrar, até porque, a pessoa com que “odeia” torna-se desagradável. 

Quando queremos muito uma coisa ou alguém, ficamos obstinados a conseguir o objeto de desejo. Se não conseguimos, culpamos tudo e a todos, menos a nós. 

Não conseguimos enxergar que nem tudo que queremos podemos ter, assim como, não enxergamos que o problema às vezes é por nossa culpa e não dos outros. A nossa imperfeição aliada a sentimentos inferiores maximizados por influências externas, nos torna cegos e não percebemos que os maiores prejudicados somos nós mesmos, alimentando esse sentimento negativo.

Tentar entender nossas emoções pode se tornar algo difícil, por causa de sua complexidade. 

Imaginem essa cena, e observe a reação do comportamento sentimento de ódio/raiva:

(1) Quando ele ficava frente a outro gato ele fazia um ruído e mostrava os dentes; dois anos depois, quando ele teve que realizar uma micro cirurgia, obstrução na uretra (imagine não poder urinar por 03 dias!) ele fazia aquela mesma expressão observada diante de um gato adversário.

(2) Qual a conclusão deste comportamento? Raiva é dor. Quando alguém sente raiva de nós é porque nós estamos lhe causando dor! Surpreendente? Diferente do que estamos acostumados a pensar, não é? Quando terroristas odeiam o ocidente é porque lhes causamos dor, odiamos o time preferido porque perdeu o campeonato, etc.

Como lidar com o Ódio?

O que podemos fazer para evitar o ódio em nosso adversário? Sabemos que jamais iremos suprir as expectativas do outro, mas podemos evitar o sentimento aversivo de como iremos tratar e agir. Procure sempre se colocar no lugar do outro, pense como você gostaria de ser tratado e haja da forma que você gostaria de ser tratado e recebido também! 

Quando houver este sentimento a dica é sempre buscar ajuda, falar com pessoas que já vivenciaram este sentimento, que possuem os mesmos valores e que podem te ajudar com propriedade a amenizar esses impactos; outra sugestão é a terapia psicológica, que ajudará na distinção deste comportamento e outros sentimentos que podem vir a surgir.Com essa ajuda você conseguirá liberta-se deste sentimento inoportuno!

Lembre-se: O ódio nunca é gratuito. 

Então pense nisso! 

Por Joseni Santos

Comente

Assuntos relacionados: psicologia ódio sentimentos

Últimas