Diabetes x cegueira - proteja seus olhos!

O diabetes pode interferir na sua saúde ocular. Saiba como evitar complicações
Diabetes x cegueira - proteja seus olhos!

Foto: Corbis / Klaus Tiedge

O diabetes tipo 2 é uma doença sistêmica e, se não tratada, pode causar muitas complicações graves, inclusive na visão. Na verdade, as complicações que ameaçam a saúde dos olhos estão entre os principais problemas que podem ocorrer em decorrência da doença, causando maior risco de cegueira. Uma das formas de prevenção de problemas oculares como a retinopatia diabética, a catarata, o glaucoma, entre outros, em grande parte, é administrar com sucesso os níveis de açúcar no sangue.

Retinopatia diabética

Quando os níveis de açúcar no sangue oscilam muito, isso pode causar danos aos vasos sanguíneos dos olhos, resultando em uma condição conhecida como retinopatia diabética. Este é o problema de visão mais comum devido ao diabetes. A retinopatia atinge a retina, o tecido que reveste a parte de trás da parede do olho, responsável por enviar ao cérebro as imagens captadas pelo olho.

Existem dois tipos principais de retinopatia diabética: a retinopatia não-proliferativa e a retinopatia proliferativa. No primeiro caso, as flutuações de açúcar no sangue começam a danificar as paredes dos vasos sanguíneos, que começam a vazar, provocando o inchaço da retina e deixando a visão escura e turva. Já a retinopatia proliferativa ocorre quando o olho tenta compensar a perda de vasos sanguíneos formando novos vasos, que são fracos, porém "inundam" a retina, crescendo em torno da visão central.

Catarata e glaucoma

A catarata é um processo comum durante envelhecimento, quando surgem nos olhos uma película transparente que cresce sobre a retina, bloqueando luz. Pessoas com diabetes tipo 2 desenvolvem catarata devido a seus altos níveis de açúcar no sangue. À medida em que os níveis de açúcar no sangue aumentam, a concentração de glicose ao redor da catarata sobe. Então, o açúcar entra na catarata pelo processo de osmose, trazendo água com ele. Isso muda a composição química dentro da catarata, o que a faz crescer ainda mais densa, embaçando a visão.

Pessoas com esse tipo de diabetes também têm 40% mais probabilidade de desenvolver outra doença ocular comum: o glaucoma. O glaucoma ocorre devido a um aumento da pressão do fluido no interior do globo ocular. A pressão comprime o fluxo sanguíneo na retina e no nervo óptico, causando danos lentamente. Este dano gera a perda de visão gradual, mas permanente.

A detecção precoce desses males é fundamental para prevenir a perda de visão, especialmente em relação à retinopatia diabética e ao glaucoma. Pessoas com diabetes devem ser submetidas a um exame oftalmológico completo uma vez por ano. 

Estes exames devem envolver a dilatação da pupila nos exames de fundo de olho, pois essa é a única maneira de um especialista avaliar a parte posterior do olho. Se o tratamento for feito logo no início, quando os pacientes apresentam os sintomas, é possível reduzir o risco de perda de visão severa.

Por Renata Branco


Comente

Aproveite o Dia dos Namorados para cozinhar receita deliciosas com o seu/sua crush!

Receitas para o dia dos namorados

Últimas

Copyright © 2019 e-Mídia