Dormir bem pode prevenir o Alzheimer

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

É o que sugere um estudo americano após pesquisa realizada com idosos

Dormir bem pode prevenir o Alzheimer

O sono é o melhor amigo do nosso cérebro, afirmam especialistas americanos. Eles explicam que a falta dele reduz substancialmente a memória e com isso há propensão de desenvolver a doença de Alzheimer.

Isso não significa que quem tem insônia ou passa noites mal dormidas vai contrair a doença. A relação do sono com a enfermidade aconteceu após um estudo na Escola Bloomberg de Saúde Pública Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Os pesquisadores analisaram os padrões de sono de um grupo de adultos com mais de 70 anos de idade e descobriram que aqueles que dormiam menos e tiveram um sono ruim tinham níveis mais elevados de beta-amilóide, uma placa no cérebro indicativa da doença de Alzheimer.

"Os resultados são importantes, em parte, porque os distúrbios do sono podem ser tratados em pessoas idosas. Na medida em que a falta de sono promove o desenvolvimento da doença de Alzheimer, tratamentos para a falta de sono ou esforços para manter padrões de sono saudável podem ajudar a prevenir ou retardar a progressão da doença de Alzheimer ", diz Adam Spira, PhD, e principal autor do estudo.

Os estudiosos ainda não têm certeza dessa relação, por isso ainda vão testar se os maus hábitos de sono realmente interferem na doença de Alzheimer.

Quem tem problemas para ter uma boa noite de sono, os médicos ligados à pesquisa sugerem eliminar possíveis causas. Entre elas cortar a cafeína, proteínas e outros alimentos que podem prejudicar o sono, maneirar na ingestão de bebida alcóolica, que inicialmente faz você dormir, mas também com que acorde no meio da noite, além de fazer atividade física durante o dia que pode contribuir para você dormir melhor à noite.

Natália Farah


  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: saúde doenças sono alzheimer

Últimas