Exercícios para asmáticos: o que fazer antes e depois?

Descubra as melhores atividades físicas para os pacientes com asma

Exercícios para asmáticos o que fazer antes e depo

Quem tem problemas respiratórios graves, como a asma, não tem mais desculpa para ficar longe dos exercícios físicos. Cientistas listaram uma série de benefícios das atividades físicas no organismo, entre elas, a redução de 60% dos sintomas.

Movimentar o corpo diariamente ou pelo menos três vezes por semana diminui significativamente a tosse, o chiado, a falta de ar e o aperto no peito, além de crises de ansiedade e depressão, o que melhora inclusive a autoestima e qualidade de vida nos pacientes.

Mas antes de praticar qualquer atividade, o asmático deve seguir algumas regrinhas básicas.

Se você tem asma ou algum conhecido com a doença, em primeiro lugar, descubra as melhores modalidades e saiba onde, como e por quanto tempo pode praticá-las. O exercício perfeito é aquele que melhor se adapta ao gosto do praticante. No entanto, as atividades aeróbicas são mais recomendadas para os asmáticos por trabalhar a capacidade cardiorrespiratória. Nesse caso são indicadas a caminhada, corrida, ciclismo e natação.

Escolhido o preferido, recomenda-se usar broncodilatadores de longa duração, inalados 30 minutos antes do exercício, que melhoram a capacidade respiratória e evitam sustos no treino.

Isso porque os brônquios de um asmático são extremamente sensíveis e se tornam facilmente alvos de inflamações. Quando ele respira, uma partícula que causa alergia penetra nas vias respiratórias. Como reação, o sistema imune libera substâncias inflamatórias que estreitam os brônquios, limitando consideravelmente a passagem de ar.

Ao mesmo tempo, aumenta a quantidade de muco para agarrar e mandar embora o agente estranho. Tudo isso resulta em chiadeira e aperto no peito, tosse e movimentos de inspiração curtos e descompassados.

Durante a atividade, vale deixar uma bombinha por perto. Assim, no caso de um ataque, o alívio está à mão. E depois de finalizar os exercícios, o asmático pode sofrer com um problema conhecido como broncoespasmo induzido pelo exercício. A duração varia muito e a recuperação é natural.

Evite suar a camisa em dias muito secos e em locais poluídos, principalmente parques que ficam próximos de ruas e avenidas movimentadas. Fuja dos horários de pico do trânsito por causa do aumento de poluentes no ar. Também vale ficar atento aos dias mais frios e a mudanças bruscas de temperatura.

Natália Farah


Comente

Últimas