Farinha de coco

Farinha de coco

Há muitos produtos feitos a partir do coco, no entanto, um deles se destaca pelo seu grande valor nutricional: a farinha de coco, que é obtida através da casca e da polpa da fruta.

É possível encontrar aproximadamente 2,5 gramas de fibras a cada 10 gramas do farelo, o que garante à farinha uma série de benefícios.

Além de auxiliar na perda de peso, por promover maior saciedade, outro exemplo é o fim da prisão de ventre, já que as fibras favorecem a formação do bolo fecal e estimulam o trânsito na região.

A presença desses compostos também é responsável por diminuir a absorção das gorduras consumidas, resultando, assim, na redução das taxas de colesterol - principalmente o LDL, o colesterol "ruim". E além disso, as fibras alimentares ainda fazem os níveis glicêmicos despencarem e, por isso, auxiliam no controle e na prevenção do diabetes.

O farelo também contém boas doses de TCM (triglicerídeos de cadeia média), substâncias que não são armazenadas na forma de gordura, fator que "obriga" o organismo a utilizar o depósito acumulado como fonte de energia. Por essa razão, ela é indicada para pessoas que desejam reduzir a gordura corporal.

A farinha de coco também é livre de glúten, uma proteína que não pode fazer parte da dieta de pessoas celíacas, pois causa uma série de sintomas desagradáveis, como diarreia. A farinha de coco não tem esse componente e está liberada para entrar no cardápio dos celíacos.

Há varias formas de incorporar a farinha de coco na sua alimentação. Ela pode ser consumida com fruta e iogurte, batido com um suco ou incorporado a receitas de pães e bolos, molhos de salada e granola, dando um sabor especial. E facilmente é encontrada em lojas de produtos naturais e alguns mercados.

Por Jessica Moraes

Comente

Últimas