Intestino preso que nada!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

5 hábitos que ajudam seu intestino funcionar normalmente

Intestino preso que nada

Sabe aquele problema do intestino preso e a dificuldade de ir ao banheiro com certa frequência? Pois é. Pesquisas indicam que ele atinge cerca de 20% da população mundial e é mais comum em mulheres e idosos.

Especialistas explicam que ele o problema só é caracterizado quando há dificuldade de evacuar, diminuição do bolo fecal, fezes endurecidas ou número de evacuações for inferior a três por semana.

Mas afinal, o que ajuda a liberar as fezes?!

Há uma série de medidas que melhoram o funcionamento do intestino, que vai da mudança dos hábitos alimentares à malhação. Mas se os cuidados não derem resultado, é indispensável consultar um clínico geral ou gastro.

1. Acerte o cardápio

Uma dieta pobre em fibras é prejudicial para o intestino. Isso porque elas agem como laxante natural, aumentando o bolo fecal. Conforme os nutricionistas, 30 g são suficientes. Verduras com talo e folhas verdes (couve) e cereais integrais (aveia, farelo de trigo) são essenciais na alimentação diária, bem como frutas emolientes como ameixa, figo, pêssego, abacate, mamão e tamarindo, e ricas em fibras como manga, laranja (com bagaço), abacaxi e jaca.

2. Beba mais água

Sozinhas, as fibras podem até piorar a prisão de ventre. Por isso, além delas a dieta deve conter muito líquido, que amolece o bolo fecal e facilita sua saída. No mínimo, dois litros por dia. Você pode ainda consumir sucos naturais (mamão com laranja é ótimo). Só fique de olho para não extrapolar nas calorias.

3. Eduque o seu intestino

Determine um horário para sentar-se diariamente no vaso sanitário, mesmo sem vontade de evacuar, e permaneça uns 10, 15 minutos. Não desanime se não funcionar nos primeiros dias. Com o tempo, a resposta ao chamado do organismo vira hábito. O ideal é que esse horário seja logo após uma refeição, para aproveitar a ativação dos movimentos do intestino.

4. Deixe a vergonha de lado

Nem todo mundo consegue usar banheiro coletivo ou ir ao toilette alheio. Mas ficar segurando só atrapalha. O desejo pode até passar na hora, mas gera uma distensão gradual do canal anal, retendo mais e mais bolo fecal.

5. Mexa o corpo

Sabia que a ansiedade provoca tensão muscular do intestino, que para de funcionar? Pois a atividade física é uma ótima opção para combater o problema. Com os exercícios, a adrenalina é liberada e estimula as contrações do intestino, facilitando a evacuação. Caminhadas por mais de 30 minutos, natação e ioga estão entre as melhores escolhas.

Natália Farah


  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: saúde doenças intestino preso

Últimas