Livre-se da timidez!

Para especialistas, a timidez é a principal causa do intestino preso em mulheres

Livrese da timidez

Michael Haegele/Corbis

A maior parte das garotas ainda fica envergonhada quando precisa usar o banheiro fora de casa. Tanto que o intestino de muitas delas simplesmente para de funcionar quando vão trabalhar, viajar ou dormir na casa de amigas, namorados ou familiares.

A afirmação é do gastroenterologista do Hospital do Coração (HCor), André Siqueira Matheus. Segundo ele, esse tipo de comportamento pode trazer graves prejuízos à saúde, já que a alteração do hábito intestinal causa doenças do aparelho digestivo, provoca inchaço, aumento do abdome e pode causar dificuldade ou dores na hora de ir ao banheiro.

O médico explica ainda que o mau funcionamento do intestino está associado com outros problemas, como diverticulites, hemorroidas, fissuras anais e até câncer intestinal. Fatores como ciclo menstrual, gravidez, menopausa e idade avançada também contribuem com a maior frequência de constipação intestinal em mulheres.

"Os hormônios sexuais femininos influenciam os movimentos peristálticos do intestino grosso. Tanto que já se sabe que o intestino de muitas mulheres fica "preguiçoso" durante o período menstrual", explica Matheus.

Fique atenta se você vai pouco ao banheiro durante da semana ou apresentar evacuações com fezes muito endurecidas. "Por isso, é fundamental que as mulheres percam a timidez e tentem utilizar o banheiro sempre que precisarem", finaliza.

Anote algumas dicas para garantir o bom funcionamento do intestino.

1. Preocupe-se com as evacuações: saber a frequência de funcionamento do intestino e o aspecto das fezes é muito importante para cuidar de forma adequada do intestino. Mas o mais importante é não inibir o reflexo evacuatório. Ou seja, quando der vontade, vá ao banheiro!

2. Consuma laxantes naturais: podem ser alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras e legumes. Entre as melhores opções estão o mamão, a ameixa seca, a semente de linhaça, o gergelim, o farelo de trigo e a granola, que podem ser consumidos com iogurte, cujos lactobacilos beneficiam bastante o processo digestivo.

3. Exercite-se com frequência: isso estimula o peristaltismo - movimento que empurra os alimentos ao longo do tubo digestivo - e melhora muito o funcionamento intestinal. Vale lembrar, que o sedentarismo também é uma das causas da prisão de ventre.

4. Beba mais líquido: de preferência água e suco de frutas - que também são muito ricos em fibras. Essa medida é fundamental para a hidratação das fezes e melhora do hábito intestinal. Ingira aproximadamente 1,5 litros de líquido por dia. Porém, evite beber simultaneamente às refeições.

5. Coma menos alimentos constipantes: como carnes, laticínios, açúcar, farinha branca, café e refrigerantes. Quando consumi-los, mastigue-os bem ou beba sem exageros!

6. Acerte-se com o relógio: No período da manhã, a função intestinal é melhor. Por isso, procure evacuar durante esse horário. Se puder, programe-se para sempre usar o banheiro no mesmo horário.

7. Evite tomar remédios por conta própria: quem sofre constipação intestinal deve sempre procurar um médico.

Natália Farah


Comente

Assuntos relacionados: doença saúde intestino preso timidez

Últimas