Problemas da falta de sono

Privar-se do descanso pode causar doenças sérias como depressão

Problemas da falta de sono

Quem corre o dia todo para executar todas as tarefas profissionais a tempo, pega trânsito e ainda precisa arranjar tempo para cuidar da vida pessoal, quer mesmo é se jogar na cama ao chegar em casa e curtir boas noites de sono, não é verdade? É, mas, infelizmente nem todas as pessoas pensam assim. Há quem reduza as horas de descanso para dar conta da agenda lotada.

O problema é que a falta de sono, além de engordar - pesquisas já relacionam a falta de sono ao ganho de peso - pode ser porta de entrada para doenças sérias como diabetes e até câncer. A otorrinolaringologista e médica especialista em sono, Angela Beatriz Lana, diz que a lista é ainda maior. 

Ela ressalta que, quando não dormimos bem, nosso nível de estresse aumenta e nossas defesas contra infecções caem. "Podemos ficar sujeitos a gripes recorrentes ou, no caso das mulheres, por exemplo, são recorrentes os casos de candidíase". E completa: "A falta de sono em si pode ser sinal de depressão. Essa, muitas vezes, pode vir atipicamente, como uma insônia."

Segundo a especialista, parte desses problemas são minimizados quando o sono é restabelecido, mas, às vezes, é necessária a complementação do tratamento com medicações, principalmente nos casos crônicos, com sintomas há mais de três meses, por exemplo.

Teoricamente, dormir oito horas por noite seria uma média interessante para quem quer relaxar e recarregar as energias. Porém, Dra. Angela defende que a necessidade de sono é individual. "Algumas pessoas dormem seis horas e se sentem bem. Outras necessitam de dez horas. O ritmo de vida e de trabalho tem feito com que as pessoas se privem do sono, mas o nosso organismo não mudou e continuamos necessitando do sono com qualidade."

A especialista no assunto explica que o descanso é fundamental para que o nosso metabolismo funcione bem. Nosso equilíbrio hormonal e emocional, imunidade, atenção e memória são beneficiados com uma boa noite de sono. Então se você quer ter boas noites de sono, siga as dicas da Dra. Angela:

- Reduza a intensidade das luzes da casa.

- Evitar o uso do computador antes de dormir.

- Escreva num bloco de notas os compromissos do dia seguinte.

- Evite atividades físicas intensas logo antes de se deitar.

- Busque relaxamentos com música e massagens, elas tiram o estresse do dia.

- Faça uma alimentação leve antes de deitar.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente

Últimas