Rótulos: você presta atenção neles?

Rótulos você presta atenção neles

Hoje em dia é imprescindível ficar atento às informações nutricionais dos alimentos, e os rótulos são importantíssimos. Afinal, são eles que nos ajudarão na hora de fazer melhores escolhas e ter hábitos alimentares mais saudáveis. Para as pessoas que têm alguma doença e, em função disso, têm alimentação um pouco restrita, essa necessidade é ainda maior.

Cada tipo de doença requer uma alimentação diferente ou pelo menos algumas modificações. Algumas pessoas se desesperam e pensam que nunca mais poderão comer nada do que gostam. Porém, cada doença possui sua particularidade e muitas vezes a alimentação só deve ser adaptada ou melhorada.

Diabetes, dislipidemia (níveis de gorduras no sangue alterados), hipertensão e obesidade, são exemplos de doenças que pedem mudanças no hábito alimentar do indivíduo. Uma alimentação balanceada, rica em verduras, legumes, leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, soja), carnes, leite e derivados, cereais e frutas são essenciais. Já os alimentos industrializados, devem ser consumidos com atenção, tendo em vista que determinados nutrientes devem ser restringidos em cada doença.

Pensando nisso, iremos explicar de forma objetiva como você pode analisar um rótulo nutricional, tendo em vista a sua realidade e necessidade.

Diabetes

Carboidratos - Pessoas com diabetes ou que estão com os níveis de glicose no sangue elevados devem controlar o consumo desse nutriente. Siga as orientações do seu médico e ou nutricionista quanto à quantidade permitida. Quanto aos rótulos, escolha os produtos diet, ou seja, isentos de açúcar. Lembre-se de que nem todo produto diet é isento de açúcar. Diet significa isento de algum nutriente, não especificamente de açúcar. Verifique bem os rótulos.

Colesterol elevado

Colesterol e gordura saturada - Esses componentes devem ser avaliados por quem está com o colesterol elevado. Os alimentos de origem animal são ricos em gordura saturada, que elevam os níveis de colesterol no sangue. As gorduras insaturadas (polinsaturadas e monoinsaturadas) são fontes de alimentos de origem vegetal que aumentam o colesterol bom (HDL) e não possuem colesterol. Por isso, dê preferência a alimentos fonte de gordura insaturada, ou seja, que apresentem valores maiores desse tipo de gordura no rótulo.

Gordura trans

A gordura trans além de diminuir os níveis do colesterol bom (HDL), aumenta os níveis do colesterol ruim (LDL), por isso evite o consumo de alimentos que tenham esse tipo de gordura. Não há uma quantia determinada de gordura trans para ser consumida, mas recomenda-se não consumir mais de 2 g por dia. Muitos alimentos industrializados, como bolachas recheadas, sorvetes e bolos possuem mais de 2 g por porção. Considerando que muita gente come mais do que uma porção, cuidado!

Fibras

As fibras ajudam a diminuir os níveis de colesterol no sangue, por isso consuma alimentos fonte de fibras. A recomendação é de 25 a 30g por dia. Escolha alimentos que apresentem valores elevados de fibras no rótulo.

Triglicérides elevado

O triglicerídio é um tipo de gordura. Se houver aumento dessa gordura no sangue associado a aumento de colesterol total o risco é maior de desenvolver doenças cardiovasculares. Por isso, se você está com o nível de triglicérides elevado, fique atento à quantidade de colesterol, gordura saturada, gordura trans e carboidratos no rótulo.

Hipertensão

O sódio em excesso eleva a pressão arterial, então esse é o principal mineral que deve ser analisado no rótulo nutricional por quem possui hipertensão. Em muitos alimentos industrializados você vai encontrar quantidades excessivas, principalmente em aditivos alimentares. Adoçantes também são produtos com grande quantidade de sódio, como adoçantes à base de ciclamato de sódio e sacarina. Além do sódio observe a quantidade de gordura saturada e gordura trans. A quantidade máxima permitida diariamente de sódio é de 2400mg.

Redução de peso

Você que deseja eliminar peso, deve ficar atento não somente às calorias, mas também a todas as outras informações, pois não ter calorias não significa que aquele alimento é saudável. Analise o valor nutricional do produto na hora da compra, esse é o primeiro passo de uma conduta saudável, por isso, fique atento aos rótulos e faça escolhas inteligentes.

Comente

Últimas