Sonhos podem ajudar a diagnosticar doenças da mente

Apesar das evidências, para comprovação, novos estudos precisam ser feitos

Sonhos podem ajudar a diagnosticar doenças da ment

Há tempos já se sabe que os sonhos são manifestações do subconsciente, mas pesquisas recentes das universidades do Rio Grande do Norte e de Pernambuco vão mais além e apostam que os sonhos podem servir de diagnóstico para algumas doenças.

Os pesquisadores reuniram 60 voluntários: parte era portador de esquizofrenia, outro tanto tinha transtorno bipolar, outra parcela não portava diagnóstico mental. Cada voluntário relatou fatos e imagens oníricas nos sonhos e enquanto os cientistas anotavam as histórias, um programa de computador as transformava em diagramas. Ao final da pesquisa, pode-se perceber que os esquizofrênicos e os bipolares apresentavam gráficos diferentes - o que para a ciência é uma passo importante, pois são transtornos semelhantes e difíceis de serem diferenciados no início. A coleta de dados também deu precisão ao diagnóstico de cada transtorno, ou seja, mais detalhes sobre cada quadro clínico das doenças.

Além de diagnosticar e desvendar doenças, os sonhos podem ser uma maneira de observar o problema a fim de auxiliar a medicina tradicional. Não se trata de prever ou curá-los, mas em entender melhor as doenças que afetam a mente e também como agem na cabeça do paciente. Isso já é feito pela neurociência, mas de uma maneira mais superficial.

Apesar de trazer resultados positivos, os pesquisadores afirmam que é preciso ter mais dados e profundidade, novos estudos e mais fundamentos para que de fato a ciência ganhe uma medicina de sonhos.

Por Caroline Sarmento


Comente

Assuntos relacionados: saúde doenças sonhos

Últimas