Tire suas dúvidas sobre o câncer

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Tire suas dúvidas sobre o câncer

Quando uma pessoa se depara com um diagnóstico de câncer, é muito difícil não pensar no pior.

O medo de não conseguir a cura e de sofrer com as reações da quimioterapia tiram o sono de quem contraiu a doença ou de quem possui entes queridos passando por essa situação difícil.

Mas graças à tecnologia, os meios de combate ao câncer estão se modernizando. Tratamentos inovadores são capazes de diagnosticar a doença em seu estágio inicial e evitar o óbito. Porém, nem todas as pessoas acompanham as pesquisas sobre o assunto e acabam distorcendo algumas informações sobre o problema.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) são diagnosticados cerca de 10 milhões de novos casos de câncer a cada ano no mundo e até 2020, este número deve subir para 15 milhões. Para desmitificar algumas informações sobre a doença, os médicos oncologistas Alexandre Fonseca e Amândio Soares Fernandes Junior (diretor da Oncomed Centro de Prevenção e Tratamento de Doenças Neoplásicas e membro da SBCO - Sociedade Brasileira de Oncologia Clinica e da SBC - Sociedade Brasileira de Cancerologia), desvendam alguns mitos com relação ao adoçante e à pílula anticoncepcional e revelam que cigarro não causa apenas câncer de pulmão. Boca, estômago também podem ser afetados pelo vício.

O câncer pode deixar homens e mulheres estéreis?

A esterilidade, apesar de ser um evento relativamente incomum, pode ocorrer em pacientes com câncer, em decorrência da doença ou do tratamento empregado.

Com o avanço da tecnologia, as pessoas ainda devem temer o surgimento de um câncer?

Sim, porém, o grande segredo é a prevenção e o diagnóstico precoce. Mesmo com toda tecnologia existente, alguns tumores ainda apresentam, dependendo do estágio em que for diagnosticado, desfechos desfavoráveis.

Todo tumor é um câncer?

Não. Câncer significa tumor maligno. Existem os tumores benignos.

Todos os tipos de câncer são hereditários?

Não. Somente uma média de cinco a 10% dos casos de câncer são considerados hereditários.

Má alimentação pode originar um câncer?

O hábito alimentar está ligado à maior incidência de alguns tipos de câncer. Por exemplo, uma dieta rica em gorduras saturadas está relacionada ao aumento dos casos de câncer de mama. E a ingestão de carne vermelha a maior incidência de câncer de intestino. Entretanto, a ingestão de tomate aparentemente protege contra o aparecimento do câncer de próstata. A ingestão de quantidades diárias satisfatórias de vitamina D e cálcio também pode evitar o aparecimento do câncer de intestino.

Há, de fato, o período de cinco anos para garantir que a pessoa não terá mais a doença?

De um modo geral, a chance de uma reincidência cai progressivamente à medida que o tempo vai passando após o tratamento inicial. Entretanto, isto não é regra.

A quimioterapia e a radioterapia trazem sequelas?

Ambos os tratamentos podem ou não trazer sequelas. Tudo depende do tipo, dose, tempo de exposição. De qualquer forma, cada um dessas ações pode apresentar efeitos permanentes e de diferentes intensidades.

Problemas psicológicos, como depressão e estresse, podem causar ou agravar o câncer?

Alterações no sistema imunológico podem sim causar o câncer e existem alguns estudos que relacionam o stress, depressão e outros distúrbios psicológicos a alterações no funcionamento do sistema imunológico do indivíduo. Entretanto, a relação entre esses problemas e o aparecimento do câncer ainda não foi demonstrado. No paciente já diagnosticado com câncer, esses sintomas podem levar a uma dificuldade maior para enfrentar o tratamento e ser um empecilho para o sucesso terapêutico e melhoria de qualidade de vida.

As células-tronco podem auxiliar no tratamento dos casos mais graves de câncer?

Sim. A tecnologia das células-tronco pode ser útil em alguns casos, e já é utilizada, por exemplo, em casos de transplante de medula óssea relacionado ao câncer. Vários estudos ainda estão em andamento na tentativa de ampliar a sua utilização de forma eficaz e segura.

O cigarro causa apenas câncer de pulmão?

Não, o cigarro está relacionado ao aparecimento de diversos tipos de câncer: boca, esôfago, estômago, pâncreas, bexiga, pulmão, etc.

Adoçantes provocam câncer?

Não. Apesar de inicialmente haverem suspeitas do potencial cancerígeno de adoçantes com ciclamato, aspartame e sacarina, estudos subsequentes não foram capazes de confirmar essa associação.

Pílula anticoncepcional provoca câncer?

Isto é mito. Não existem estudos definitivos que associem o uso de pílula com o aumento da incidência de câncer. O uso da mesma pode estar associado a uma diminuição do risco de desenvolvimento de câncer de ovário. É importante lembrar que a terapia de reposição hormonal na pós-menopausa aumenta o risco de desenvolvimento de câncer de mama.

Pessoas com mais de 40 anos estão mãos suscetíveis a contrair câncer de pele?

Sim, os dois tipos mais frequentes de câncer de pele (células escamosas e basocelular) têm sua incidência aumentada com o passar da idade.

Os homens também podem ter tumores de mama?

Sim. Cerca de 1% dos tumores malignos da mama acontecem no sexo masculino.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas