Vida saudável aos portadores de TDAH

Mudar a rotina, planejar as ações e ter disciplina para segui-las à risca já é um bom caminho

TDAH

O excesso de informações que recebemos diariamente no ambiente de trabalho e na vida particular, soma-se à agitação diária de inúmeras atividades entre estudar, buscar o filho na escola, cuidar da casa, entre outras tantas que vão se acumulando. Conseguir fazer tudo ao mesmo tempo pode até parecer normal. No entanto, para as pessoas portadoras do TDAH, o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, realizar mais de uma tarefa por vez ou cumprir alguma delas é quase impossível.

O transtorno, que começa na infância e atinge cerca de 4% das crianças, afeta o sistema neurobiológico do ser humano e se manifesta por meio da hiperatividade, impulsividade e desatenção da pessoa.

Nos adultos, uma vez não tratado, dificulta a vida social do indivíduo a ponto dele não ter condições, por exemplo, de manter um emprego ou relacionamento, porque muitas vezes agem por impulso e têm a eterna sensação de inquietação. Eles têm dificuldade em sair de férias e até se ocupam com várias atividades ao mesmo tempo, embora não consigam completar nenhuma delas.

Daí a importância e a necessidade ímpar de mudar a rotina, planejar as ações e ter disciplina para segui-las à risca. Organizar planilhas com todas as atividades programadas na semana, por mais simples que sejam, como visitar um parente ou pagar uma conta, pode ser uma saída aos portadores do TDAH. Isso os ajudam a visualizar o tempo como extensão e a chance de se esquecer de algo ou chegar atrasado a algum compromisso diminui.

O acompanhamento de um psicólogo e o uso de medicamentos com prescrição médica costumam ajudar bastante o paciente, que se seguir o tratamento de maneira correta consegue ter uma vida normal e mais saudável.

Natália Farah


Comente

Últimas